sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Cirurgia do fígado - hepatectomia parcial

Pesquisando na net encontrei um texto explicando didaticamente todo o procedimento cirúrgico ao que estou próximo de realizar, segue abaixo, com a citação da fonte.

Hepatectomia parcial

O que é: É a retirada cirúrgica de parte do fígado

Para que é feita: É realizada para tratamento de tumores primários de fígado e metástases hepáticas de outros tumores em casos selecionados (principalmente colo-retais e carcinóides)

Contraindicações mais comuns:

· Função cardiopulmonar comprometida
· desnutrição severa
· função hepática comprometida
· doença metastática extra-hepática
· invasão da bifurcação da veia porta ou trifurcação das veias hepáticas
· quantidade prevista de parênquima hepático restante <>Como é feita: A cirurgia na maior parte das vezes é realizada por via aberta, através de uma incisão transversa na parte superior do abdome, acompanhando a curvatura formada pelas costelas. A videolaparascopia pode ser utilizada, dependendo da localização e tamanho do nódulo a ser retirado (cirurgia realizada através de pequenos orifícios na parede abdominal com o auxílio de uma câmera de vídeo e instrumentos especiais). A utilização de ultrassonografia transoperatória é fundamental para a identificação correta da localização dos nódulos durante a cirurgia, assim como a relação destas com os vasos sangüíneos do fígado. Através deste exame, novos nódulos não identificados em tomografia computadorizada ou ressonância magnética também podem ser localizados. Os vasos sangüineos que chegam e deixam o fígado são isolados. Após o controle vascular, a parte do fígado comprometida é retirada. Pode-se diminuir a necessidade de hemotransfusão durante a ressecção hepática utilizando técnicas de exclusão vascular, hipotermia, hipotensão controlada, aspiração ultrassônica, coagulação com argônio ou simplesmente atendo às técnicas convencionais de ressecção. Ao final da cirurgia, um dreno é deixado próximo a superfície onde o fígado foi cortado, para monitorar sagramentos e vazamento de bile.

Quanto tempo dura: de 3 a 4 horas

Recuperação pós-operatória: No período pós-operatório imediato o paciente deve ficar na UTI (24h), para monitorização de sangramentos e função hepática. Quando estável, retorna para o quarto. A dieta é iniciada por boca no 2o- 3o dia após a cirurgia, se o intestino estiver funcionando. Após a remoção cirúrgica de parte do fígado (em um fígado normal até 75% pode ser retirado), ele começa a se regenerar em 48 horas e atinge tamanho próximo ao normal em 3-4 semanas. A função volta ao normal em 6-8 semanas.

Tempo médio de internação: de 7 a 10 dias

Complicações mais freqüentes:
clínicas
· pneumonia
· trombose venosa profunda e tromboembolismo pulmonar
· insuficiência hepática
cirúrgicas
· sangramento
· “vazamento” de bile pela superfície do fígado que foi cortada

Alterações no estilo de vida: Praticamente nenhuma, após recuperação da função hepática.
Fonte: www.cirurgiadocancer.com/imagens/conteudo/.../hepatectomia.doc

8 comentários:

Anônimo disse...

OLA AMIGOS...
SOU PORTADORA DE CA DE INTESTINO COM METASTASE PARA FIGADO...TENHO 3 MESES DE OPERADA E ME SINTO OTIMA...RETIREI A BASE DO LOBOLO DIREITO DO FIGADO...FAREI A QUIMIOTERAPIA AINDA,POIS ME SINTO TAO BEM Q TENHO MEDO DE FAZE-LA,MAS SEI Q FAZ PARTE DO TRATAMENTO..,GENTE A VIDA É LINDA E ESPERO PARMANECER AK POR MUITO TEMPO,ENTAO SE PRCISAREM DE ALGO PODE RELATAR AQUI SOU DE SALVADOR -BAHIA..SOU UMA PESSOA DE BEM COM A VIDA...

Aureni disse...

QUERIDO COLEGA,Ñ TENHA MEDO DA QT PÓS OPERATÓRIA,POIS ELA FUNCIONA COMO UMA VACINA DE REFORÇO P/ VC MELHORAR AINDA MAIS.FIZ UMA MASTECTOMIA A POUCO MAIS DE 01 ANO,MAS ANTES TIVE Q FAZER 06QT,DEPOIS A CIRURGIA+30 RADIOTERAPIA+06QT,É MOLE?TUDO ISSO EM MENOS DE UM ANO E TÔ AQUI LHE CONTANDO ESSA HISTÓRIA.A CADA 03 MESES FAÇO EXAMES.TÁ TUDO CONTROLADO...TÁ VENDO???UM ABRAÇO.

My&M@ disse...

Olá a todos
Minha fez hepatectomia há + ou - 8 dias, está com pequena complicação vazamento da bile seu retorno é daqui dois dias, agora depois de tudo que passou vem falando da morte . Mas acredito que como foi a primeira vez que passou por um problema de saúde com 70 anos acredita que seria mais fácil morrer. peço a Deus sua colaboração divina , e peço a minha mãe não desista nunca ....

Guga disse...

Estou apavorada! Minha mãe em setembro de 2008 descobriu um csncer de intestino e apos varias sessoes de quimio e rádio fez cirurgia em fev de 2009 e retirou metade do intestino na biopsia do material retirado constatou-se que a regiao operada estava livre de cancer. repetiu os exames após seis meses e tudo bem e agora no dia 15 de março descobriu-se três lesóes no figado(metástase)só que o unico tratamento para o caso dela é a quimio pois não é possível a cirurgia.

dmdagnone disse...

Minha mãe está sendo operada de cancer no figado neste exato momento e deve passar por quimio.

O que v. podem dizer da quimio para fígado? Como é? Cai cabelo? É forte?

Qq informação é bem vinda.

Edson Leite disse...

Dmdagnone,
Primeiramente as minhas desculpas pela demora em responder aos seus questionamentos e os faço baseados na minha experiência.
Espero que a cirurgia da sua mãe tenha sido bem sucedida e que ela esteja em plena recuperação, quanto as suas dúvidas, vamos lá. Tratamento com quimioterápicos dependem muito de casos e dentre eles de paciente para paciente, são os chamados "protocolos" - ciclos de três sessões, sendo cada uma delas em intervalos de 21 a 28 dias, como disse depende do protocolo adotado pelo oncologista. O número de ciclos também da resposta ao tratamento, em geral não menos que dois ciclos. Sem dúvida que qualquer que seja o protocolo é um tratamento forte e agressivo ao nosso organismo, precisamos estar com a imunidade em estado que permita reagir às reações diversas sem colocarmos em risco a saúde como um todo. Vc pergunta se os cabelos vão cair, a probabilidade eu diria que é de 99% de chance disso ocorrer; pelo menos comigo tem sido assim, os meus cabelos cairam pela terceira vez: quando iniciei e das duas outras retomadas ao tratamento. Mas, isso não é nada, é mera vaidade preocupar-se com este pequeno detalhe. Sei que é dificil para a maioria das mulheres encarar isso com naturalidade, mas nada que um lenço bem transado não resolva esse problema esteticista, não é mesmo? Sempre tive um certo complexo com as minhas orelhas expostas, nem por isso fiquei enclausurado! Uso boné por conta do sol quente da minha região e assumo a careca numa boa, agora como estou nesse momento... e numa boa.
Bola pra frente, boa recuperação para a sua mãe e que logo ela esteja na plenitude das suas atividades, sejam no retorno ao trabalho ou simplesmente nas tarefas mais complexas do lar. Bom final de ano para todos você e muita Fé e Esperança na misericórdia de Deus. Amém!
PS;: No blog vc pode encontrar muito mais relatos do que tem sido este tratamento. Use o buscador por palavras chaves, quem sabe vai poder tranquilizar um tanto mais.

Edson Leite disse...

Dmdagnone,
Primeiramente as minhas desculpas pela demora em responder aos seus questionamentos e os faço baseados na minha experiência.
Espero que a cirurgia da sua mãe tenha sido bem sucedida e que ela esteja em plena recuperação, quanto as suas dúvidas, vamos lá. Tratamento com quimioterápicos dependem muito de casos e dentre eles de paciente para paciente, são os chamados "protocolos" - ciclos de três sessões, sendo cada uma delas em intervalos de 21 a 28 dias, como disse depende do protocolo adotado pelo oncologista. O número de ciclos também da resposta ao tratamento, em geral não menos que dois ciclos. Sem dúvida que qualquer que seja o protocolo é um tratamento forte e agressivo ao nosso organismo, precisamos estar com a imunidade em estado que permita reagir às reações diversas sem colocarmos em risco a saúde como um todo. Vc pergunta se os cabelos vão cair, a probabilidade eu diria que é de 99% de chance disso ocorrer; pelo menos comigo tem sido assim, os meus cabelos cairam pela terceira vez: quando iniciei e das duas outras retomadas ao tratamento. Mas, isso não é nada, é mera vaidade preocupar-se com este pequeno detalhe. Sei que é dificil para a maioria das mulheres encarar isso com naturalidade, mas nada que um lenço bem transado não resolva esse problema esteticista, não é mesmo? Sempre tive um certo complexo com as minhas orelhas expostas, nem por isso fiquei enclausurado! Uso boné por conta do sol quente da minha região e assumo a careca numa boa, agora como estou nesse momento... e numa boa.
Bola pra frente, boa recuperação para a sua mãe e que logo ela esteja na plenitude das suas atividades, sejam no retorno ao trabalho ou simplesmente nas tarefas mais complexas do lar. Bom final de ano para todos você e muita Fé e Esperança na misericórdia de Deus. Amém!
PS;: No blog vc pode encontrar muito mais relatos do que tem sido este tratamento. Use o buscador por palavras chaves, quem sabe vai poder tranquilizar um tanto mais.

Anônimo disse...

estou com tanto medo, pois meu namorado está com um tumor no fígado, e o dele é maligno, foi fazer uma cirurgia essa madrugada no texas, já se passaram 8 hrs, ele não responde o celular.. será que isso é normal? :<