sexta-feira, 16 de julho de 2010

No Corredor da Vida

Assisti muitos filmes cujo enredo retrata pessoas condenadas, pela justiça dos homens, à morte e que estão a espera do dia da execução; o chamado corredor da morte! Não sei se é folclore, ou permissão literária do autor, quando mostra o condenado sendo atendido naquele que é o seu último desejo. Hoje, na real, na minha vida real ao vivo e a cores, não pude evitar este pensamento nos últimos dias. Sentia-me como um sentenciado, cada vontade minha que estava sendo atendida era como se fosse a última.
Agora, nesse exato momento, a poucas horas do momento aprazado pelo médico, percebo que estou indo para um corredor, porém, não é o o da morte. Ainda não é chegada a minha hora. Estou rumo ao corredor da vida e da renovação!
Com certeza todos esses momentos foram, sem dúvidas, os últimos. Mas, na condição atual. Amanhã será tudo diferente de hoje e assim estarei novamente  sentido novos sabores. Foi assim nas duas vezes anteriores, o simples cuscuz de milho ganha sabor dos melhores manjares e o brilho do sol confirma, mesmo visto pela janela do hospital, o despertar dos melhores sentimentos que estão no fundo da alma.
A vida é engraçada mesmo, misteriosa, porém muito simples de ser aproveitada não fosse a confusão que muitas vezes nós protagonizamos. A complexidade das coisas é fruto inconsequente do poder que temos de construir, de modificar aquilo que estar ao nosso redor, seja fisica ou mentalmente falando. 
Quem tem acompanhado as minhas mensagens, percebe que tenho mantido um cunho positivista ao relatar as coisas que me acontecem. Não tem porque ser diferente. Não quero a piedade das pessoas e por isso não pratico a autopiedade. Ressaltar a beleza dos fatos não significa resignação; muitas vezes calar a voz é melhor do que falar asneiras ou blasfemar. Isso até pode pode soar estranho, mas, também penso assim. Há quem diga sou do contra a tudo. Pode ser que eu seja mesmo, todavia, nas minhas objeções procuro demonstrar a razão de cada uma delas.
Com a doença é tudo muito diferente, principalmente se esta doença chama-se câncer! Não tem como não se sentir no corredor, cabendo ao acometido, decidir em qual deles quer estar: no da morte, lamentando-se e esperando por ela ou no da vida, acreditando que este corredor é longo e não carece de pressa para ser vencido. Falo assim, por experiência própria. E a minha decisão desde o primeiro momento foi pela continuidade de viver. E tenho recebido essa confirmação a cada dia que Deus tem me dado a mais, isso mesmo, desde então é como se cada dia fosse pelo merecimento - o que me faz confessar que reconheço ser uma nova chance que estar me sendo dada. Esta confissão não quer dizer que eu queira que seja dessa forma, nem me faz sofrer menos pensando que poderia ser pior. É mister que os nossos pensamentos sejam sempre voltados para o bem, assim o melhor nos parece ser.
O dia vai ser longo, estou já algumas horas de jejum. A cirurgia está marcada para ocorrer no final da tarde. A minha boca começa a dar sinais de secura, sei que não devo beber nada. Só me resta aguardar, sem pressa. Enquanto isso, vou registrando aqui da forma como tenho feito.
Vou dar uma pausa, mais tarde retornarei.

4 comentários:

S.dlr disse...

As seis horas da manhã saindo de casa para brabalhar, dentro do onibus lotado, lá fora uma garoa fina, lembrei-me de você, da sua coragem, sabedoria e fé, quantos trbalhadores alí dentro não poderiam ter uma célulazinha canserosa lentamente se desenvolvendo.
Me questionei, fazemos realmente as coisas e as escolhas certas?
Precisamos de um diagnóstico terrivel para começar a viver realmente?
Pedi que Deus estivesse mais ainda aí com você e que ele permita às pessoas tenham ainda muito mais tempo para conviver com a sua sabedoria.
ELE ESTÁ AI NO SEU PEITO E TE GUARDA.
Um grande abraço e até amanhã!

(filho da Mãe coragem)

jorge henriques disse...

Olá Edson
Fique sabendo que estou torcendo para que tudo dê certo
E vai dar!!!!!
O chato mesmo é ter que fazer um jejum até de liquidos.
abraço
jorge

Mãe coragem disse...

Neste momento, me junto à todos os anjos para agradecer a Deus por sua vida.

Jesus é maravilhoso. Um grande abraço!

jefhcardoso disse...

"Deus é nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações." Salmos 46:1
Que as bençãos do Senhor esteja com você e com os seus.
Jefhcardoso do
http://jefhcardoso.blogspot.com