segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Revisões Médicas

Cá estou neste momento no clínica de oncologia aguardando a minha hora para mais uma consulta de rotina, a segunda creio eu, depois que suspendi a quimioterapia para proceder com a cirurgia do fígado. Como já postei anteriormente, a quimio não foi suficiene para eliminar a metástese naquele órgão. Amanhã, completará oito meses da hepectetomia parcial e, ainda nesta semana, retornarei ao cirurgião para mais uma avaliação. Para completar as visitas médicas, falta levar ao cirurgião de cabeça e pescoço, responsável pela tireoidectomia, os resultados dos exames de sangue que me foram solicitados na última consulta (primeira após a cirurgia), que ocorreu há 10 dias.
Deu para notar que não é brinquedo controlar todo esse fluxo de idas e vindas a consultórios, clínicas e laboratórios. Porém, fazer isso me dar a certeza de que estou bem e que a luta não terminou, o que significa fôlego para continuar e alimento para a esperança na cura. Se não a cura total, mas o efetivo controle para uma sobrevida sem sobressaltos. E isso é motivo para continuar agradecendo a Deus, esperando ser merecedor para dar esses testemunhos. O importante é acreditar, ter fé e esperança na misericórdia divina.
Estamos iniciando uma semana de muita apreensão, de muita ansiedade, não sei o rumo que será apontado para a continuidade do meu tratamento. Em poucas horas, até o final da tarde, se chegar a falar com o médico cirurgião, provavelmente terei o espírito acalentado. Entretanto, estou tentando dominar a ansiedade para evitar o desconforto do estresse - o que não é bom para quem não tem mais um regulador de produção hormonal original. (Aliás, nem sei se estou falndo besteira ao me referir a tireóide como regulador de hormônios, para dirimir essa dúvida perguntarei ao médico).
Enquanto isso... bom, vou pausar por aqui para ser atendido pelo oncologista. Mais tarde, quem sabe terei novidades para outra postagem. Fique com Deus, amém!

2 comentários:

Mª do Rosario - Ro disse...

Oi Edson, espero que tenha saído de sua consulta com esperança. Eu tb estou neste compasso. Força e Coragem

Edson Leite disse...

Olá Rosário,
Obrigado pela força, sai sim com a mesma força e esperança, dois pilares importantes para qualquer tratamento de saúde. Sempre acreditando na vitória que, diante das cirscuntâncias, estar representada na estabilidade do momento e torcendo para continuar nesse compasso (para usar uma das suas palavras). Amém!
PS.: Por favor envie uma mensagem para o meu e-mail kader42@yahoo.com.br, preciso falar-lhe.