domingo, 8 de agosto de 2010

Dia dos Pais

Sabemos que o dia de hoje é mais uma das criações publicitárias com vistas ao incremento nas vendas de tudo que se produz. Entretanto, aproveitamos a data para render homenagens a esta pessoa muito importante e especial na nossa vida. Devo confessar que na qualidade pai, que sou, fica difícil encontrar as palavras para expressar o que sinto em relação ao meu próprio pai sem que esteja legislando em causa própria.
Vou fazer, então, uma abordagem impessoal (será possível?) para enaltecer a todos os Pais! A começar pelo nosso Pai Celestial, um pai de bondade, que nos deu a vida e o arbítrio do amor. Não escolhemos o nosso pai, que nos ama desde quando somos uma pequena sementinha e, à medida que vamos crescendo, vamos apredendo a amá-lo cada vez mais. No pai encontramos segurança para dar, literalmente, os  primeiros passos na vida, andar de bicicleta e tantas outras conquistas. Com ele aprendemos que podemos cair e levantar, sem ter que acumular os traumas das tentativas de acerto - ele estará ali, pronto, para aconselhar e orientar qual o melhor caminho a ser seguido.
O pai é também uma figura heróica, é aquele que nos protege e nos acode na hora da precisão, na hora do sufoco. Muitas vezes até esquecemos de agradecer por tudo que nos faz de bom ao longo da sua existência, da nossa existência e é por isso que, mesmo sabendo ser esta data de hoje um instrumento meramente comercial, quero transformá-la nessas palavras de agradecimento e de carinho ao meu pai, Sr. Raimundo, um homem simples por natureza, cuja postura e conduta pessoal espelhou e influenciou a minha postura e a de meus irmãos. Sr. Raimundo, quero dizer-lhe que tenho orgulho de tê-lo por pai e que sempre o respeitei e amei esta pessoa maravilhosa e bondosa. Parabéns, pai pelo seu dia. Obrigado! Fiquem todos com Deus!
  

2 comentários:

Mª do Rosario - Ro disse...

Olá Edson ainda dá tempo de te desejar uma noite feliz de dia dos pais!
Passando tb para te conhecer.
abraços

Edson Leite disse...

Obrigado, volte sempre. O prazer é todo nosso. Abraços,