sábado, 12 de dezembro de 2009

Bye, bye UTI

Dois dias e duas noites na UTI para  dar início ao pós-operatório. Não foi igual a das vezes anteriores, algumas coisas foram melhores outras do mesmo nível de dificuldades que foram superadas igualmente. Também teve seu lado hilárico, partindo de uma senhora de meia idade que não chamava pelos intensivistas, simplesmente gritava os seus nomes. Parecia que conhecia a todos, já se considerava de casa. Mas isso incomodava, não conseguia dormir, não conseguia sequer relaxar um pouco e o tempo não passava! A ansiedade aumentava a cada momento, acho que temendo ficar mais que as 48 horas previstas, mas graças a Deus foi esse o tempo que fiquei na UTI. Desta vez a enfermeira teimava em querer tirar a minha barba, alegando que eu ficaria mais jovem e mais bonito. Jovem serei sempre, o bonito depende de quem me olha! Portanto, não me convenceu e nem poderia - afinal são trinta anos de convivência.
Nunca tinha me visto dentro de uma fralda, ficou um modelito chocante, só não quero ter que usar novamente.
Estou agora no apartamento, não é o mesmo de quando me internei na quarta-feira passada é pouco menor. Deu para rececpcionar bem as pessoas que aqui já chegaram: Mamãe, Papai, Priscila, Pollyana, Rômulo, D. Geronce, Socorrinha, Cristiane, Larissa, Sérgio, Matheus, Thiago, Evaldo e Zenilde... quase todos ao mesmo tempo... uma farra mesmo de carinho e de afeto, na dosagem certa do amor que reina entre nós.

Telefonemas e Comentários

Vale registrar os inúmeros telefonemas que recebi desde o momento da internação, continuando durante a temporada na UTI, este recebidos por Jack ou Priscila, já que estavam de plantão no hospital. Pela primiera vez recebi comentário de uma pessoa além das nossas fronteiras geográficas, foi da Cristina que mora em  Portugal, obrigado a todos vocês! Beijos no coração.

Fiquem com Deus!

2 comentários:

Ligiana disse...

Tio, Estou muito contente por tê-lo visto tão bem disposto, se recuperando de forma tão rápida e plena!Tenho certeza que mais uma semaninha e o sr estará pronto para dar umas carrerinhas por aí!(risos). Dou graças a Deus pela forma como as coisas se conduziram nesses últimos dias, pelo sucesso de sua cirurgia, pela força que Ele tem te dado, por Ele ter me permitido estar perto do sr nesse momento e por todo carinho e amor que o sr está recebendo de toda a família!Que Ele continue te abençoando! bjos

Ludmila Rohr disse...

Agora será um dia melhor que o outro!!!
Lembre sempre de respirar fundo. Doi, mas vc vai se recuperar mais rápido!!
Meu marido está ótimo!!!
Coragem e Paciencia!