quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Leucopenia

Quando eu menos espero me vejo diante de um novo termo, de uma nova palavra, desta vez fui apresentado à leucopenia. Tem uma boa sonorização, leucopenia. Por conta dela não fiz a sessão de quimio que estava marcada para ocorrer hoje pela manhã. Puxa vida, quem é essa leucopenia? O que é, o que faz, onde mora?

Claro que, para encontrar as respostas, pedi ajuda ao seu Google. Então, de forma reduzida, eis o que encontrei:

"Leucopenia é uma diminuição na quantidade de leucócitos circulantes no sangue. A principal função dos leucócitos é combater infecções, então a diminuição da sua quantidade na leucopenia pode colocar a pessoa sob risco mais elevado de doenças infecciosas."

No bom português, significa que estou com a imunidade baixa, provocada pela primeira dose da quimio e outra dose, nesse momento, estaria me colocando em situação de risco. Daí a resolução do oncologista de adiar para a próxima semana. Fiquei entre a sensação de alívio, pelo adiamento, e a preocupação de saber que estamos de certa forma quebrando o protocolo estabelecido para esta fase. Ao mesmo tempo que acredito na condução do nosso Senhor neste processo todo. Se foi adiado, Ele permitiu, então é bom para mim! Tenho fé na sua misericórdia.

É isso, entre contente e temeroso estou cá ruminando os pensamentos, desejando que o organismo aumente a produção dos leucócitos ao nível que me permita realizar a segunda sessão sem nenhum risco. Basta ter que suportar as ânsias do período.

TIREÓIDE

A minha tireóide foi relembrada na audiência de conciliação de hoje. Ficou resolvido que eu devo procurar fazer consulta com um endocrinologista para avaliar se a dosagem do Puran T4 que estou tomando está sendo suficiente para manter as coisas na sua perfeita ordem. Veio a tona o fato de que não foi descartado o tão falado tratamento com iodo ou iodoterapia, aquele que ficamos isolados em quarto isolado, tipo coisa do outro mundo. O Dr. Marcos (meu oncologista) disse que não estava esquecido da tireóide (mas eu não tenho ela comigo) e alegou que temos tempo pela frente. Ufa, ainda bem que ele projetou mais "tempo" para frente, isso é deveras muito bom e sei que experimentarei esse iodo e o que mais for preciso. (Acho que é assim que se fala, não?!) Osso duro de roer, carne de pescoço, bicho ruim, sei lá. Uma coisa é certa, não estou resistindo só pela minha vontade, estou tendo a devida permissão para permanecer por aqui. E sou muito grato por tudo isso, sempre. Por isso digo, amém! Fique com Deus.

2 comentários:

minoia disse...

Olá Edson!
Aconteceu comigo coisa parecida.Não sei se tinha esse nome esquisito aí mas, quando estava prestes a terminar minhas seções de quimio, teve que ser adiada a penúltima seção, porque eu estava com a imunidade baixíssima e a minha médica(Dra. Sandra) disse que seria necessário adiar. Aí, adiou um pouco mais o fim daquele martírio. Não eram as seções que me incomodavam (fora alergia que eu tinha de algum medicamento, que eu não sei qual era - eu ficava vermelha e me coçando toda)mas, os 12 dias após as 72 horas de quimio. Era muito ruim!!!quando eu pensava que estava me livrando das reações, chegava o dia de fazer a outra seção. Eu dei graças à Deus quando ela adiou UFA!!!foi um alívio. Ela falou que era assim mesmo, que as vezes a imunidade caía. Daí, tratamento para a imunidade aumentar e, voltarmos às seções.
Ah! hoje tem festa de Ricardo, aqui. É o "Obrigado Campina".
Gostaria muito de lhe ver quando fosse por aí, na capital.
Abração forte

Edson Leite disse...

Aí em Campina Grande é "Obrigado, Ricardo" aqui, eu digo: "Obrigado, Magnólia!" Quando vier a jampa e quiser tomar um suco gelado, ligue pra mim (8847-6222). Estamos morando vizinho ao Manaíra Shopping, fica fácil esse nosso reencontro, ok? Bom final de semana.