segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Conquistas

Neste final de semana refleti um pouco e percebi que continuo sendo abençoado por Deus, por tudo que vivenciei nesta vida. As diversas situações que passei e continuo passando ao longo da minha vida comprovam que não tenho o direito de reclamar de nada. Na verdade, posso dizer que muitas vezes tenho sido até mesmo um privilegiado. Essas situações, algumas vezes, perpassam o material como o fato de ter o meu emprego que me dar estabilidade, ter conseguido educar duas belas filhas, ter acesso à maiorira dos procedimentos médico hospitalar exigidos para o tratamento do câncer, através do plano de saúde privado. 

Passa pelo respeito que consegui acumular ao longo da minha trajetória profissional, seja do meus colegas de trabalho ou daqueles que lidam diretamente comigo. Isso é de fato muito importante, saber que estamos desempenhando o nosso papel nesse mundo de meu Deus. 

Quando do inicio na carreira no serviço público tivemos a oportunidade de participar efetivamente de lutas sindicais em defesa de melhores salários, de melhores condições de trabalho. Era um período de transição política no país, diversos sindicatos estavam sendo organizados sob a liderança de algumas pessoas que acreditavam que estávamos no caminho de construir algo novo. Foi uma época muito dificil mesmo, enfrentar a repressão policial, que empunhavam metralhadoras, cavalaria da polícia militar, enfim, uma luta que parecia desigual, mas acabamos sendo vitoriosos nesse processo político. Talvez, tenha sido por acreditar na força do coletivo, do velho ditado: a união faz a força!

Neste final de semana, coroando tudo isso, tive uma oportunidade ímpar na minha vida, partilhada por poucas pessoas, da qual sinto um certo orgulho. Num evento de confraternização estive ao lado do Prefeito da capital e do Governador do Estado, eleito nas últimas eleições e da Secretária de Saúde, com quem trabalho há seis anos. As pessoas, antigamente, dariam tudo para ter acesso a essas autoridades para poder colocar nos seus bolsos bilhetes contendo pedidos de ordem pessoal. Hoje é diferente. Podemos trocar idéias ou dar sugestões visando o bem da coletividade. Isso é evolução, por isso disse o quanto me considero um privilegiado, por poder estar junto a essas pessoas sem ter que falar-lhes da "minha" necessidade pessoal. Não tenho nada a reclamar, nada a pedir. As minhas reivindicações estão na melhoria e na amplitude dos procedimentos médicos cobertos pelo maior plano de saúde do mundo: o SUS! Aos poucos e com muito esforço ele vai se ampliando, seja por força de liminares, seja pela iniciativa de alguns dirigentes. O importante é acreditar, continuar lutando e defendendo os ideais nos quais acreditamos e esperamos.  

Uma das prospostas do governador eleito, feito na campanha eleitoral, é a interiorização do tratamento oncológico e outros prodimentos de alta complexidade. Atualmente, na Paraíba, só é possível fazer quimioterapia, pelo SUS, na capital do Estado. Espero que realmente seja concretizado esse propósito político. Já disse aqui uma vez e repito, o Brasil tem duas autoridades que têm a obrigação moral de garantir o acesso a todos os tipos de tratamento médico hospitalar a todos os brasileiros, não dar para continuar assistindo pela televisão que eles estão tendo as portas abertas de todos os melhores hospitais, enquanto a maioria do povo morre sem sequer poder pisar na calçada do Sírio Libanês, do Hospital do Câncer do Rio de Janeiro, para citar apenas dois grandes centros de referência.

Bom, por enquanto, fico na esperança de um país melhor, com o povo sendo cuidado com o respeito que merece. Fique com Deus. 


3 comentários:

minoia disse...

Olá Edson!
Demorei a visitar o seu blog porque meu computador "deu pau" passou 10 dias na assistência técnica e só hoje o recebi. Nos computadores do INSS, nosso acesso é limitado aos sites oficiais e nem todo mundo tem esse nível de acesso. Já aceitei o seu convite e quando for por aí, ligarei prá você.
Pois é, enquanto você conseguiu estar ao lado do nosso Governador, eleito pelo voto do povo, eu bem que tentei falar com ele e não tive esse privilégio (e olhe que foi antes de se eleger). O comitê dele era aqui na minha rua e toda vez que eu passava por lá me diziam: ele saiu daqui agora mesmo.
Pra semana (30/11) estarei iniciando mais um etapa de exames; chegou a hora de mais uma revisão. Vai dar tudo certo, se Deus quiser! e Ele quer.
Abração,
Magnólia

Karina - Frei-Sein disse...

Ei meu amigo, estás melhor de suas angústias? Se sente mais fortinho?? Saiba que pode sempre contar com essa tua amiga aqui que te admira muito, e que quer sempre o teu bem!!!
Saudades de ti...
Forças!!
BeijoKAs....

jorge henriques disse...

OLÁ EDSON
Amigo, como é que vai por aí ? Já não temos noticias à alguns dias ,como é que é ? força astral para cima ok? fico esperando por um post actualizado.
ABRAÇO do Portuga
jorge