terça-feira, 30 de novembro de 2010

Final de mês

Com o final do mês de novembro estou chegando ao término da última cartela do Xeloda desta segunda sessão de quimoiterapia. Pense na ânsia que sinto só de olhar para os comprimidos na hora das horas, café da manhã e janta. São três por vez. Sem tocar neles despejo da cartela diretamente num copinho, seguindo orientações da clínica.

Depois de amanhã tenho consulta marcada com o Dr. Cássio Virgilio, médico que me acompanha na área do fígado, fez a cirurgia e tem me acompanhado desde então. De lá sairei com a requisição para fazer a ressonância magnética. Mais um exame, estou quase perdendo a conta de quantos foram feitos ao longo dos últimos dois anos. Eita, que já se foram mais de dois anos! Terceiro Natal! O primeiro deles foi logo após a primeira cirurgia, a que me levou o estômago fora, nas sequência vieram as primeiras sessões de quimio - isso foi em 2008. Depois veio o Natal de 2009, também logo após uma outra grande cirurgia - me deixou sem a metade do fígado. O que me reserva o Natal de 2010?! Apenas ressaca da terceira sessão de quimio ou terei feito outro procedimento para conter o tumor que reapareceu há dois meses?! Não sei, o futuro a Deus pertence. E Nele eu confio e entrego a minha vida. Amém! 

5 comentários:

Lucia Lombardi disse...

Confia no Senhor e Ele satisfara o desejo do seu coracao. Muita saude, muita paz e muito amor!Lucia

Vitor Finkler disse...

Força Edson!
Coragem! A luta é árdua e diária mas temos que enfrentá-la de cabeça erguida, como vens fazendo sempre!
Um abraço!

Sandra Ferreira disse...

Caro Edson!

Que assim seja!

Adorei sua visita ao meu blog! Obrigada.

Vou adorar ler suas impressões de viagens, quando você escrevê-las aqui!

Desejo que o mês de dezembro seja uma surpresa boa para você e que os percalços sejam suaves (já que eles já estão por aí...).


Um abraço, fique com Deus.

Karina - Frei-Sein disse...

Meu querido amigo Edson...
Forças Sempre!! Sei o que sentes ao olhar para esses comprimidos, eu tive época do tratamento em que fiz QT oral + as medicações de praxe totalizavam 26cp por dia e eu arrepiava só de olhar a embalagem do remédio!! Mas isso vai passar!!
Ás vezes ficamos pela metade mesmo, mas esse ficar pela metade hora ou outra nos impulsiona a buscar o que nos falta, e essa busca nos coloca sempre mais perto de Deus e de nós mesmos!!
Meu amigo espero que teu fim de ano não seja como temes estarei aqui rezando para que seja de boas surpresas, mas como vc mesmo já disse aqui, esses dois anos são de batalhas "incansaveis"...
Força sempre!! E se faltar estamos aqui para isso, quando um despenca tem sempre alguém melhor para ajudar a segurar a barra!!
Beijos e Fique bem e com Deus!!

Edson Leite disse...

Oi Sandra,

Republiquei as minhas experiências nas viagens aos mais longíquos pontos deste país. Vale a pena conhecer o que temos Brasil a ]dentro. Saudações,