terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Remédios vencidos

O que devemos fazer com os medicamentos que sobram e que acabam vencendo nas nossas casas? Sabemos que o descarte não pode ser feito de qualquer jeito, nem pensar em colocar no vaso sanitário, tampouco no lixo comum... É uma questão que tenho levantado com o Gerente da Vigilância Sanitária do nosso município. Sabemos que a legislação vigente não atribui obrigatoriedade a órgãos públicos ou mesmo às farmácias - a quem, ao meu entender, deve arcar com o custo do descarte de forma correta, sem agredir o meio ambiente.
Existem diversas empresas que trabalham com o tratamento de resíduos ou simplesmente a incineração, casos de medicamentos e de outros itens que não podem ser jogados ao relento por causar sérios danos ao meio ambiente. Assim como a indústria de pilhas e de baterias estão tendo a obrigação de manter postos de coleta desses produtos em desuso, é mister que o cada município trate desse assunto, em consonância com o Ministério da Saúde e com órgãos do Meio Ambiente, com o intuito de conscientizar as pessoas da necessidade de cuidar do nosso planeta, já bastante castigado.
Devemos lembrar que de grão em grão a galinha enche o papo... nessa mesma linha de raciocínio, de comprimido em comprimido, de gota em gota, que jogamos ao relento, acabará um dia saturando o planeta Terra de tudo que não presta. Assim como estar ocorrendo com o lixo que entope galeria - provocando as grandes enchentes nos centros urbanos. Depois não adianta ficar chorando as perdas materiais e até mesmo lamentando a perda de parentes e amigos. Tudo é uma questão de educação ou da falta dela!
Façamos nós, cada um, o que estiver ao nosso alcanse para a preservação da vida e da saúde coletiva, assim como cuidamos da nossa própria saúde, procurando o prolongamento do nosso tempo. 
Na sua cidade, provoque a discussão do assunto com o vereador que você ajudou a se eleger, seja pessoalmente, por e-mail ou simplesmente leve para a roda de amigos, quem sabe estaremos fazendo história, não é mesmo?! Fique com Deus. 

2 comentários:

minoia disse...

Oi Edson,
Faz um tempo que não me comunico com você mas, sempre visito o seu blog pra ter notícias suas.
Quanto ao assunto que você puxou, eu, ainda hoje tenho medicação que usei e não sei o que fazer com elas; alguns já estão até vencidos e, continuo sem saber o que fazer.
Você lembrou bem desse assunto e isso é bom tema pra se discutir.
Abração,
Magui

Edson Leite disse...

Olá Magnólia,

Bom saber que vc estar bem, precisa criar o seu blog para que possa também suscitar assuntos de interesse da coletividade como tão bem vc defende. Estou de volta à quimio, fiz nesta semana mais uma sessão... a próxima será no dia 24. As reações tem sido as mesmas, pequenos desconfortos que provocam mudança de humor e náuseas na hora de tomar os comprimidos. De resto, vai tudo bem, graças a Deus.
Bom final de semana.