quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Xeloda II

Acabei de tomar os últimos comprimidos, de uma série de 84 unidades, em 14 dias! Infelizmente não vai ser por muito tempo, daqui a oito dias estarei de volta às correias do soro e da medicação endovenosa durante mais de cinco horas. Estou preparando o que ainda resta de veias, passando pomada na tentativa de restaurar um pouco a estrutura física dos "conduítes", por onde passarão os líquidos abençoados.
Posso dizer que o conformismo é grande, não adianta querer apressar nada. Tudo no seu devido tempo e a Ele depende o nosso relógio, o nosso calendário e tudo mais que se relaciona com os fatos da vida.

Os incômodos atuais da quimio

Sinto calafrios, parece que a temperatura do meu corpo já não é mais a mesma de antes - antigamente eu sofria com o menor aumento de temperatura no ambiente, hoje é o contrário. O frio incomoda, os ventos parecem sempre frios e chegam a doer na pele. A brisa do mar mais parece uma geladeira aberta, mesmo assim tenho forçado a barra e continuo me vestindo de forma normal, camisa meia manga, bermudas, enfim, as vestimentas adequadas para o povo nordestino acostumado ao calor excessivo.

Os demais incômodos são as persistentes oscilações no funcionamento intestinal. Tem dia que parece normal, mas ao longo dia me força a procurar o trono outras vezes, além daquelas que foram agendadas pelo boa fisiologia que reinava. Um episódio acontecido no início desta semana quase acabou de forma trágica e constrangedora. Ao término do expediente uma forte pontada anunciava que a cólica ia bater à porta, logo seria necessário encontrar uma porta de banheiro aberta! Desculpem o trocadilho. Corri, melhor acelerei o carro enquanto rumava para a casa dos meus pais - nosso porto seguro - almoço lá todos os dias desde o reinicio do tratamento e sabia que um dos banheiros estaria disponível, afinal são três pessoas que moram na casa e têm o mesmo número de banheiro. Impossível todos estarem ocupados, ainda bem que sou bom de estatística e o meu cálculo foi certeiro. Entrei correndo, acho que estava verde ou azul, não deu tempo me olhar no espelho. De verdade, um final feliz!

Nova sessão

Bom, como disse no início, farei agora um intervalo de oito dias sem nenhum compromisso com medicação para depois deste prazo iniciar a segunda sessão deste novo ciclo, parei de computar os demais ciclos. Tenho focado sempre no ciclo atual, sem olhar nem querer que seja o derradeiro. Quando vier a ser o último dos moicanos, então será motivo de comemoração. Tudo ao seu tempo, não é mesmo? Paro por aqui hoje, desejando que todos estejam com Deus, nosso Senhor. Amém!

10 comentários:

sandramunro disse...

sandramunro:desde que coloquei o cateter porth cat, melhorou muito
fazer quimio,náo dói e náo ha mais flebites, só para saberes, ainda que deves entender disso mais que eu, mas qd sei de qq coisa que de conforto ,náo resisto á tentaçáo de espalhar.
Um abraço amigo,sandra.

Edson Leite disse...

Sandro,

Nunca utilizei catéter para tomar a quimio, nem sei se seria o melhor considerando os cuidados que imagino termos que tomar para evitar qualquer incidente.
Em todo caso, meua amigo, muito obrigado pelo seu comentário. No retorno ao médico solicitarei dele maiores esclarecimentos. Valeu mesmo.
Ah, não sabia que vc tb está em tratamento com quimioterápicos. Vc tem algum blog próprio, por favor se tem me repasse. Gostaria de conhecer a sua história.
Abraços,

Marina da Silva disse...

Edson,
Não é caso de rir, mas seu aperto por um banheiro me fez acompanhar aflita até o "final feliz"! Força companheiro e paciência, pois o tempo não é nosso é de Deus. Fica com Deus. Abç. Marina.
PS: Ao contrário de vc morro com ondas de calor e não vivo mais sem ventiladores e ar condicionado...é a menopausa que ganhei com a quimio!

Jú Carelli disse...

Edson...
Fiquei muito feliz em saber que está em pausa do medicamento... É isso aí... aproveite muuuuuuuuuuuuuuuuito este momento e deixe para pensar nos próximos quando realmente for a hora...
Um dia de cada vez lembra????
Se cuida e fica com Deus...
Grande abraço

Edson Leite disse...

Oi Marina,
É caso de rir, não se preocupe. Sempre procuro dar um enfoque cômico aos meus momentos mais dramáticos, claro que estes episódios são reais, porém um pouco apimentados... para fazer com que a leitura fique mais interessante. Não precisamos chorar diante de todas as adversidades, delas podemos extrair de engraçado, basta olhar diferente, não é mesmo?

Edson Leite disse...

Oi Jú,
Obrigado pela força, estou ótimo sim e aproveitando todos os minutos desta pausa medicamentosa.
Sem dúvidas, nada melhor que um dia após o outro e que nada seja desperdiçado.
Ah, o projeto anda a pleno vapor. Apresentação, Dedicatória, etc... logo enviarei para você como imagino que seja. Como disse, vai ser realizado a inúneras mãos. Aguarde.

turra disse...

OI EDSON ACOMPANHO SUA TRAJETÓRIA DESDE ANO PASSADO PARA TENTAR CRIAR FORÇAS PARA CUIDAR DO MEU MARIDO QUE FEZ A MESMA CIRURGIA QUE VC, MAS PARA ELE FOI QUASE QUE O FIM POIS NUNCA TINHA ESTRADO EM UM HOSPITAL PARA NADA, E QUANDO FOI,FOI PARA A RETIRADA DE UM ÓRGÃO MEU DEUS SE DEUS NÃO TIVESSE NOS ALCANÇADOS TUDO SERIA MAIS DIFICIL. BOM E EM 11/02/2011 FEZ-SE 1 ANO DE CIRURGIA ENTRE 7 SEÇÕES DE QUIMIO E 84 COMPRIMIDOS SENDO 6 AO DIA DE MEDICAÇÃO (XELODA). TUDO MUITO DIFICIL POIS AGORA NA REDE PÚBLICA ESTA EM FALTA E MEU MARIDO ESTÁ SENTINDO CÓLICAS E SOFRE POIS PERDE A PACIÊNCIA POIS VAI AO BANHEIRO E NADA..... CONSTATARAM METASTASE E UM DELES NO FÍGADO E ACHO QUE A FALTA DA MEDICAÇÃO QUE FAZ ISSO. CREIO NA CURA QUE O SENHOR NOS DEU MAIS A FAMILIA TODA SOFRE POIS A VIDA MUDA E EU COMO ESPOSA FICO NA ESPECTATIVA DE UM DIA NÃO TER MAIS QUE ME PREOCUPAR COM ESTA DOENÇA ESSE TRATAMENTO É MUITO EXAUTIVO TANTO PARA QUEM PASSA TANTO PARA QUEM A TEM. OS MÉDICOS NO COMEÇO DERAM 3 MESES DE VIDA SÓ PARA MEU MARIDO E FEZ 1 ANO DE VIDA GLÓRIA Á DEUS O SENHOR É BOM. SE ANTES SERVÍAMOS A DEUS COM AMOR AGORA É COM PAIXÃO. DEUS O ABENÇOE A VC E SUA FAMILIA E OBRIGADO POR ESTAR AQUI PARA NOS DAR ÂNIMO E SABERMOS QUE TEM PESSOAS QUE NOS AJUDAM MESMO COM PALAVRAS PARABÉNS PELA SUPERAÇÃO É TUDO NO TEMPO DE DEUS. MEU NOME É ROSANA E MORO EM DUQUE DE CAXIAS-RJ

Edson Leite disse...

Rosana,
Espero que o seu marido tenha voltado a tomar a medicação, estou tentando retomar a quimio e por duas vezes seguintes foi necessário adiar devido às taxas fora do controle - baixa imunidade!
Na quarta-feira de cinzas farei novos exames de sangue para checar se normalizou a imunidade ou, pelo menos, se chegou a um valor que nos dê segurança pra enfrentar as reações.
Ah, quanto às cólicas tenho passado por isso também. São fases que vão e voltam, fiquei alguns dias com muitas idas e vindas ao banheiro... agora estou tomando Florax pra recompor a flora intestinal e evitar quadro de desidratação.
Minha querida amiga, apesar de tudo, nunca devemos nos deixar levar pelo desespero e descrédito em Deus, Ele tem propósitos pra todos nós que não sabemos e nem me consta que devo questioná-los. Nada acontece por acaso.
Um grande abraço pra vc e no seu marido (não me falou o nome dele). Continue lendo e comentando as nossas postagens, obrigado por fazer parte deste seleto grupo de seguidores. Fiquem com Deus!

turra disse...

AHHHHHHHH E AI ESPERO QUE ESTEJA BEM SIM ELE TOMOU O MEDICAMENTO MAIS QUEBROU O CICLO DIZ A DOUTORA MAIS AGORA PARESSE QUE NORMALIZOU. ESPERO QUE VC ESTEJA BEM.

Taty Munhon disse...

Ola
Meu nome e Tatiana Munhon e gostaria de saber sobre as reaçoes do xeloda, pois ja estou a tres anos em tratamento, com 5fu com avastin, ficava quatro dias internada direto e doze em casa de descanso, agora vou usar esse xeloda + avastin, gostaria de saber as reaçoes, se sao fortes, pois no hospital eu passava muito mal com nauseas principalmente. Ah uso cateter tmb, e quando ele funcionava era maravilhoso, rsrs.bjs....