domingo, 19 de setembro de 2010

A dieta continua...

Ontem à noite fui para a 40ª Feira do Lar da Providência, entidade religiosa que cuida de idosos. Tem várias freiras que já estão na idade de serem cuidadas... Feira tipo quermesse, com guloseimas, bebidas, música ao vivo, barracas com brincadeiras, brechós e outras. Foi na de comidas que o bicho pegou, depois de percorrer todas elas, percebi que nada dali eu podia comer... tudo, certamente, tinha dentre os seus ingredientes o sal, alho, margarina ou outros temperos desaprovados para a minha dieta. Restava ficar apenas me servindo de água mineral mesmo, não fosse a preocupação de Jack que encontrou a solução na opção da cobertura do crepe... morango em calda! Um manjá dos deuses! Sempre tem uma solução para os "problemas" que enfrentamos, não é mesmo?! Não adianta ficar encabrunhado, dentro de casa, pensando que a coisa tá ruim. Não estar, pode acreditar. E é na vida, convivendo com as diferenças que encontramos a nossa igualdade. 

Hoje, vou para casa do irmão de Jack para almoçar uma carne de bode (gosto muito), mas por falta de comunicação, ficarei apenas olhando a turma a digerir o bichinho gostoso. Como ele foi temperado com tudo que tinha direito (e proibido pra mim) o jeito é levar a minha quentinha pronta! Preparada com o sal sem iodo, sem alho, sem condimentos industrializados. Não será nem um pouco traumático, nem insuportável ver diante dos olhos um prato que gostamos e não poder colocá-lo perto da boca. Tudo é uma questão de superação mesmo. A vida continua, se hoje não posso, amanhã, quem sabe, poderei desfrutar, não é mesmo? Então, vamos viver as coisas em seu tempo. O tempo hoje é da quentinha! Fique com Deus!  

2 comentários:

Artes Mari disse...

Vc me ajuda muitos com seus posts! Abraço

Edson Leite disse...

Oi Mari,

Fico contente em saber que as minhas palavras estão servindo para alguém. volte sempre. Abraços,