quarta-feira, 6 de abril de 2011

Uso de catéter!

Catéter port-a-cath
Não deixei claro na minha última postagem que a mudança de rumo no meu tratamento passa também pelo implante de um catéter para as sessões seguintes de quimioterapia. Para isso, fui encaminhado para o cirurgião fazer o procedimento operatório cabível. Marquei consulta para o próxima dia 12, terça-feira e até lá estou de folga das drogas, porém um pouco ansioso com esta nova decisão.

ENTENDENDO O USO DO CATÉTER

É recomendado nos casos em que as sessões com quimioterápicos requerem maior tempo e menor espaçamento entre elas. Por exemplo, no protocolo atual, quando recebia a medicação via endovenosa, observa-se um intervalo de 21 dias para retornar à clínica. Agora, com a medicação sendo administrada via catéter, este intervalo de tempo cairá para 15 dias. Como vai funcionar o novo esquema?

Com o catéter implantado, levarei comigo a tira-colo um equipamento, que irá bombear a medicação de forma automática e initerrupta durante três dias consecutivos. Será o meu cachorrinho de estimação durante esses dias. Findo o terceiro dia retornarei à clinica para a retirada da bombinha (o catéter fica, afinal estará implantado sob a pele), quando então terei recesso até a nova sessão! Pelo visto, vamos completar o tratamento em quatro, cinco meses. 

O cateter é totalmente implantável no subcutâneo não ficando nada exposto. Portanto o paciente leva um vida normal, podendo realizar suas atividade normalmente.

Maiores detalhes somente poderei postar quando estiver vivenciando de fato esta nova realidade, assim como tenho feito rotineiramente atendendo ao propósito deste blog - o de informar através da experiência própria. Fiquem com Deus!

10 comentários:

Jú Carelli disse...

Edson meu amigo...
Até o momento eu não precisei... porém conheço várias pessoas que possuem e dizem que a colocação do catéter além de ser tranquila... traz um "certo" alívio as nossas veias que muitas vezes teimam em desaparecer...
Acredito ser uma boa opção...
Continue firme heim garoto!!!!
Beijos iluminados

sandramunro disse...

sandramunro :
Oi Edson o porth vath é muito bom e se usares EMLA 1he 1/2 antes náo sentes nem a picada é um adesivo com creme anestesico muito usado( até antes de aplicar vacinas em bebes) coloca cada rira em 3 e calcuka o tuvo p/6x, é pequeno na bula diz que da p/ 2x e eu divido e da p/ 6 pq náo é barato, mas vale a pena, náo tem mais dor de quimio vais ver.
Um abraço afetuoso,sandra

sandramunro disse...

Credo pareço uma india falando ,tudo trocada as letras,
é que fiz quimio dupla hoje deve ser efeito da difenedrina pre quimio,mas deu p/ entender, certo?

jorge henriques disse...

OlÁ amigo Edson

Tenho estado um pouco afastado da blogosfera e só hoje estive a fazer a leitura dos seus post anteriores , espero que com esse novo protocolo a "bixarada" dê o fora e deixe o amigo em paz.
Com tubinho (catéter)extra as sessóes das drogaminas sáo menos agressivas para as tubagens (veias) é uma forma mais eficaz e menos dolorosa para fazer quimio, se tivesse que fazer esse tratamento teria logo de colocar o tubinho .pois a minha canalização é muito artistica (bailarina) e timida, pois cada vez que tenho de extrair o liquido vermelho é uma luta daquelas... saio de lá pareço um passador,hehe
Edson por curiosidade o amigo não está a fazer nenhuma dieta, nem a tomar nenhum suplemento alimentar ,eu tenho feito uma alimentação muito há base de vegetais colocando a carne vermelha de lado mantendo as aves e peixe e tomando alguns suplementos e alguns chás , julgo que mal me não está a fazer .
Um dos que costumo tomar é cha de GRAVIOLA mal não lhe fará e quem sabe comece a notar diferença ,não custa experimentar.
Respondendo á sua pergunta em post anterior ,sobre o meu estado de saude e para ser breve , neste momento o meu tratamento é a alimentaçáo, espero contrariar o inevitável ainda por algum tempo.....
Amigo, um dia após o outro e há que vive-lo intensamente este é o meu lema .
Bom já estou a ser longo e chato, hehe.

UM ABRAÇO EDSON

JORGE

Karina - Frei-Sein disse...

Olá Edson...
Ei meu amigo estamos aqui com você sempre viu?
Com certeza esse será o melhor caminho para ti... Para mim a vivencia com cateter é bem melhor, pois não irá desgastar suas veias, e ter que passar por aquelas sessões de torturas procurando veias onde elas não mais existem, irá terminar...rsrs...
A única coisa é que vc tem que ficar atento (eu sei que a gente já fica, e que vc é super cuidadoso..), mas á qualquer febre,ou vermelhidão na pele perto do cateter, pois as vezes pode acontecer de criar bactérias/infecção no local do cateter (isso quando o tempo é muito prolongado...), e como a defesa nossa já fica baixa, temos que tratar isso com seriedade.
Vamos lá meu amigo força para mais essa empreitada!!
Estarei aqui rezando e disponivel para o que precisar!!
Beijinhosss....

minoia disse...

Oi Edson,
Nunca pensei que o uso do catéter seria por causa do curto espaço de tempo entre uma seção e outra. Até então, acreditava que o uso dele se daria pela dificuldade de não conseguir pegar uma veia para a aplicação da medicação. Eu vejo muito isso na clínica: as enfermeiras com alguma dificuldade de pegar uma veia do paciente. Eu tenho um catéter implantado. Vou de 30 em 30 dias fazer a manutenção dele, até que e minha médica diga que já posso tirar. Raramente me incomodo com ele mas, não é nada que doa.
O que achei engraçado foi quando você disse: "...Será o meu cachorrinho de estimação...". Era o que eu dizia também, que a bombinha era o meu cachorrinho de estimação. Cachorrinho de madame, diga-se de passagem, pois estará sempre no colo, enquanto durar o tratamento.
Um beijão,
Magui

Edson Leite disse...

Eita, quantos comentários nesta postagem!
Costumo responder a todos os comentários deixados no blog, mas desta vez responderei de forma coletiva. E uma única palavra poderia resumir tudo que sinto nesse momento em relação a cada um de vocês: OBRIGADO!
Esta palavra resume tudo, sou grato por todo o carinho que tenho recebido aqui na blogosfera. Muitos não tive o prazer de conhecer pessoalmente, mesmo assim, o carinho e a sinceridade refletem o bom coração de todos.
A nossa luta nos une em torno de um só propósito: APOIO MÚTUO!
Não preciso dizer que também me preocupo com todos os meus amigos que passaram a fazer parte da minha família.
Mais uma vez, deixo os meus agradecimentos e milhares de beijos curativos, não sem antes desejar que Deus continue reinando em nossas vidas! Valeu!

Cida Villela disse...

Edson,
Encontrei hoje o seu blog e gostei muito de ter encontrado.
Tenho um câncer de pulmão e estou em tratamento há 2 meses. Procuro sempre saber da experiência de outras pessoas e já virei sua seguidora. Estou por aqui torcendo por você também.
Se quiser pode me seguir no blog: http://cidavillela.blogspot.com.

Cida Villela

Edson Leite disse...

Oi Cida,
Obrigado por seguir o nosso blog. Certamente estarei acompanhando e torcendo por você. Seja bem vinda!
Bjs,

iriscca disse...

Oi Edson e amigos, minha mãe foi diagnosticada com CA colon sigmóide. fez cirurgia , retirou um pedaço do intestino, implantou porthcath dia 19 ago e fez sua primeira quimio na terça ( 6set). Ficou 2 dias recebendo o medicamento através do dosador. Retiramos o aparelho hj. Tô até estranhando pois ela está super bem !!! Um dia de cada vez.. sorte para todos nós...Deua abênçoe a todos !