sexta-feira, 25 de março de 2011

Reconstrução

Imagem de Karen Grace
Recentemente assistimos estarrecidos os efeitos do terremoto ocorrido no Japão. Cenas de destruição em larga escala sem precedentes na história contemporânea, até porque antigamente não existiam tantos carros tragados pelas ondas do tsunami, nem aviões misturados com entulhos ou pousados sobre prédios. Além, lamentavelmente, do elevado número de mortos e outro grande número de desaparecidos.
Hoje o Jornal Nacional ressaltou a capacidade de reconstrução dos japoneses, mostrando cenas de uma rodovia que voltou a receber tráfego normalmente em tão pouco tempo. Lembro que aqui pertinho da cidade, na rodovia federal que liga a capital ao interior do estado, teve parte de uma das vias tragadas pela inundação de um dia de chuva na região - a reconstrução desse trecho, aqui na Paraíba, demorou mais de quatro meses - com sérios transtornos para os que precisavam fazer aquele trajeto. Não dá nem para comparar!!!
Mas, quero comentar mesmo é sobre a reconstrução da vida, espiritualmente falando, nem sempre temos a capacidade de superar as perdas sem deixar sequelas. Refazer o material depende apenas de recursos materiais - seja de maquinários modernos, seja de recursos financeiros mesmo. Já no campo espiritual nada disso tem importância - nessas horas, ser rico não lhe confere poder algum, tampouco ser pobre vai facilitar o processo de recuperação da alma. Superar as dificuldades perpassa tudo isso!
Assim também ocorre quando precisamos restaurar a saúde do corpo, apesar de que algumas vezes ter posses possa parecer maior possibilidade de cura, fica a mercê da vontade de Deus dar ou não uma oportunidade, dando-nos ou não a restauração da saúde. Não é fácil entender muitos casos, nem precisamos ficar querendo de tudo saber. São mistérios da vida que nem sabemos se um dia teremos acesso a muitas das respostas que elaboramos.
Enquanto nas rodovias utiliza-se o asfalto, pedras, areia e barro para efetuar a reconstrução dos trechos danificados, reconstruir parte do nosso corpo se faz necessário, além do pedido da misericóridia divina, o uso de drogas e medicamentos, nesse momento, mais precisamente, há quinze minutos, tomei os últimos três comprimidos de xeloda... encerrando assim mais uma sessão, a segunda. Farei mais uma antes de realizar exames de imagem para checar a evolução do tumor. Com a graça de Deus, tenho pedido a Ele, a suspensão dessas sessões com quimioterápicos, pelo tempo que julgar necessário.
É isso, fico por aqui, desejando a tod@s um bom final de semana. Fiquem com Deus!

2 comentários:

Karina - Frei-Sein disse...

Meu amigo muito lindo e importante sua postagem... esses dias estava pensando muito nessa reconstrução espiritual e emocional após o termino de um tratamento...
Eu tbem iniciei sábado uma nova medicação e tratamento... e tenho certeza que embreve Deus nos dará um relax dessas drogas ambiguas...
Estou aqui sempre torcendo por ti!!
Mudando de Assunto...
Edson..
Eu Recebi um selo dos blogs que merecem serem lidos e quero retribuir para vc, passa no meu blog, anexa o selo no seu e siga as instruções da minha postagem. Espero que goste! Fica com Deus e boa semana! Bjsssssssss

Edson Leite disse...

Oi Karina,

Obrigado pela sua consideração, vou sim passar ainda hoje no seu blog e colar o selo. Valeu.
Beijos,